As operações na BBCE – infraestrutura líder para negócios com energia –  mantiveram-se, em fevereiro, fortemente aquecidas e atingiram recorde diário, com 7.513 GWh fechadas dia seis daquele mês. Ao todo, foram transacionadas 63.747 GWh, alta de 234% em comparação ao mesmo período de 2023.

De acordo com Alexandre Thorpe, diretor-presidente da BBCE, os movimentos seguem relacionados ao incremento da volatilidade observada na plataforma EHUB e à perspectiva de alta do Preço de Liquidação das Diferenças (PLD). “O acumulado dos dois já representa 39,1% de todo 2023”, completa.

Esse volume foi dividido em 8 mil contratos, crescimento de 457% em relação ao mesmo mês do ano passado e 31% em comparação com janeiro de 2024. O montante financeiro foi de R$ 8,7 bilhões, mais de cinco vezes o obtido em fevereiro de 2023 e 23% de alta em comparação a janeiro passado. “Estamos voltando aos níveis de volume financeiro transacionado, em 2019, que foi pré-pandemia. Foi um período de alta volatilidade e elevada demanda”, explica Thorpe.

Segundo o presidente da BBCE, os movimentos atestam a confiança que o mercado possui na companhia. “Neste mês, comemoramos 12 anos de operações da BBCE. De lá para cá, evoluções significativas ocorrem. Trouxemos, ano a ano, cada vez mais negócios do telefone para a tela, com pioneirismo, inovação e segurança”, explica. “Um dos marcos foi a autorização da CVM para atuarmos como administrador de balcão, o que nos levou a um elevado patamar de boas práticas e compliance”, completa.

Hoje, participam da BBCE mais de 200 empresas, dentre elas, comercializadoras, distribuidoras, geradoras, grandes consumidores e instituições financeiras.

De acordo com Thorpe, essa pluralidade de agentes, conectados pelo EHUB, plataforma da companhia, faz com que a liquidez esteja nos sistemas de negociação da companhia e a BBCE contribua a um mercado cada vez mais transparente e ágil. “Nosso propósito é ser fonte de liquidez e segurança, contribuindo a desenvolvimento sustentável dos negócios com energia. Continuamente investimos em estruturas-chave, como Produtos, Riscos e Tecnologia para assegurar que a liquidez, transparência e conformidade com as melhores práticas abranjam todas as necessidades do mercado de energia”, completa.

Perfil dos negócios fechados em fevereiro

Do total transacionado em tela em fevereiro, 95,4% são ativos trimestrais, semestrais ou anuais. Além disso, na média de todos os negócios, 31,7% têm prazo superior a um ano, apontando uma tendência de redução de alongamento observado em 2023, conforme podemos conferir na tabela abaixo.